6ª Corrida Rústica de Praia – Portonave

Fomos em mais uma corrida, a 6ª Corrida Rústica de Praia – Portonave. Corremos nos 10k num percurso 100% areia com 32°C e sor fortíssimo na cabeça num Janeiro que é o mais quente nos últimos 71 anos em Santa Catarina. Não estava fácil.

Antes de mais nada, vale dizer que o melhor do dia foi o chopp com essa vista num domingo mega quente, mas lindo, no litoral de Santa Catarina, #morradeinveja.

Corri de coelho para a Bianca, que queria baixar o seu tempo nos 10k e conseguiu baixar o tempo em mais de 2 minutos. No vídeo você pode vê-la na chegada, parecendo um trator na subidinha de areia fofa antes do pórtico.

chopp-petisqueira-atilio
Correu tudo bem na prova. Largadas com 5 minutos de diferença para os corredores de 5k e 10k, água onde precisava ter água, retornos bem marcados, isotônico, frutas e água na chegada, além de 2 “canos” de água doce que poderiam ser melhor colocados nos coqueiros para facilitar aquele banho fresco.

corrida-de-praia-portonave

Os “senão” que temos para a prova é a impossibilidade de retirar os Kits no dia da prova, o que nos obrigou ir para Navegantes no sábado e novamente no domingo, mais despesas sem necessidade. E a medalha. Poxa, aqui em Santa Catarina as medalhas tem melhorado um monte, cada vez mais bonitas e criativas. Uma empresa como a Portonave bem poderia ter providenciado uma medalha melhorzinha, e não precisa estar escrito “participação” quase maior que o nome da prova. Essa vai para o prego atrás da porta, rss. Medalha pior só a da corrida do Grupo Lunelli.

As montanhas e as trilhas estão gritando “Jósaaaa”

Uma reflexão sobre os tempos. Meu recorde pessoal nos 10k é na casa dos 44 minutos. O 5º colocado na minha categoria correu para 39 minutos. Isso quer dizer que se eu corresse com o coração saindo pela boca o tempo todo eu ficaria na 12º colocação na minha categoria. Se corresse para 40 minutos ficaria em 7° lugar, fora do pódio, portanto. E olha que essa prova levou os 5 primeiros de cada categoria para o pódio sendo que o normal é levar os 3 primeiros. Correr em busca de pódios dessa forma, para mim isso pediria uma rotina de treinos e um esforço nas provas muito longe do que me faz gostar de correr. Ou seja, na pratica não faz a menor diferença se eu correr a prova em pace 5:17 como foi dessa vez, ou 4:00 como correu o 6° colocado na categoria.

Fique com a foto da medalha feiosa e um vídeo onde temos a largada e chegada filmadas pelo Eloy e uma parte do percurso que eu filmei (tente assistir em HD).

medalha-corrida-praia-portonave

 

About JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *