Garmin VIRB, sua próxima câmera

Neste texto vamos explorar um pouco da Garmin VIRB que recebemos para testes, mas antes vamos dar uma passadinha no momento recente do mercado de câmeras de ação, passou de nada a saturado em poucos anos. Agora temos uma infinidade de opções para capturar as nossas aventuras de final de semana em pequenas câmeras de vídeo. Mas durante os últimos anos a única opção real para os entusiastas de câmeras de ação foi a GoPro em suas várias versões e seu modelo mais recente Hero 3+. Apesar de ser uma opção fantástica, como qualquer outro equipamento ela não é perfeita para todas as situações.

Garmin Virb Elite
vídeo com sobreposição de dados da Garmin Virb Elite

Resumo

Como pontos positivos eu poderia começar pelos sensores que a Garmin VIRB (na versão Elite) trás consigo e pela facilidade em fazer a edição com as informações sobrepostas. Se até eu consegui editar um vídeo assim, é porque o recurso é bom e muito fácil mesmo de usar. Também gostei muito do design que oferece uma excelente “pegada” e robustez. Ser à prova d’água sem precisar de acessórios é outra grande vantagem. Estes 2 pontos certamente advêm dos modelos de GPS da Garmin. A durabilidade estendida da bateria compensa o pequeno peso extra. A pequena tela facilita a vida. E por fim, a facilidade e intuitividade dos menus. Em se tratando das versões TOP de linha, a Garmin tem algo realmente novo aqui se posicionando em um nível acima.

Se eu tivesse que apontar pontos negativos, seria talvez o preço, mas este é compensado pelas vantagens. O aplicativo para smartphone tem bom design mas é bem fraco, infelizmente não consegue acessar os dados de gravação e ficamos impossibilitados de utilizar as imagens nas redes sociais sem antes descarregá-las via USB. A conexão wi-fi funciona, mas demora para conectar. A inexistência de resolução 4k? Poderia ser, mas que é só ressalva objetiva e não uma restrição fundamental, como explico adiante.

Conclusão

No geral a Garmin VIRB faz uma grande entrada no mercado de câmeras de ação e a Garmin fez bem em criar uma câmera com traços fortes e personalidade própria. Tem sua diferença de preço, mas trás consigo uma considerável lista de recursos que fazem valer a escolha quando olhamos as vantagens do parágrafo anterior, além da conectividade ANT+, GPS, altímetro na versão Elite que é algo inédito até o momento.

Se você estivesse saindo para se aventurar por aí, estaria muito bem com uma Garmin VIRB nas mão. Recomendo.

Avaliação da Garmin Virb e Virb Elite

A Garmin agora entra no mercado com a sua VIRB e você pode estar se perguntando o que o nome significa, assim como eu me perguntei. Só pude concluir que é apenas um jogo com a palavra “verb” (verbo em inglês) que transmite a ideia de ação. E sendo uma câmera de ação, este é um nome bastante apropriado para o mais novo gaget a entrar na briga. Coloquei o vídeo abaixo, da própria Garmin para você ver um pouco do que ela é capaz.

Garmin Virb
Garmin Virb Elite

Design

A primeira coisa que você notará sobre a Garmin VIRB é que ela é bem diferente das outras câmeras em sua forma e design. Você vai notar que ela tem um design bastante robusto, moldada, com uma pequena tela de LCD de 1,4 polegadas na parte superior central da câmera.

KORRERQuando falamos de um produto com esse valor e principalmente com toda essa tecnologia embutida, é imprescindível adquirir um produto de forma legal para manter todas as garantias e suporte do fabricante. A Garmin Brasil oferece um bom serviço de suporte para clientes que compram seus equipamentos de forma legal em revendedores autorizados no Brasil ou no exterior. A Korrer é a primeira especializada em corrida de Santa Catarina, atende todo Brasil e é representante Premium da Garmin. Obviamente é também uma ótima dica de loja para fazer o seu investimento.

Mesmo que a tela seja pequena e não seja tão brilhante e vívida como as telas dos nossos celulares são, e suspeitamos que isso seja para economizar bateria, ela oferece uma enorme vantagem para você enquadrar suas fotos e ter certeza que está capturando o ângulo que deseja. Não tem essa de chegar em casa e descobri que 10 em cada 30 fotos que tirou mostram mais o chão do que a paisagem.

Garmin Virb
Foto na hora mágica, boas cores, bom contraste

Você também vai notar um enorme botão na lateral da Garmin VIRB que você pode simplesmente deslizar para começar a gravar, mesmo se a câmera estiver desligada. Isso é um ótimo recurso para você simplesmente sacar a câmera e começar a gravar em poucos segundos, muitas vezes lancei mão dessa função e gostei muito por ela existir. Quando você fizer isso a câmera vai usar as últimas configurações escolhidas para o seu vídeo.

Por fim, achei que a Gamin foi bastante feliz com esse design, a câmera se encaixa perfeitamente na mão, tem ótimo grip, empunhadura perfeita.

Usabilidade e desempenho

Uma vez que você iniciar a navegação pelo seu sistema de menu ficará agradavelmente surpreso em ver como a Garmin VIRB é amigável. A interface é bastante fácil e objetiva. Após cinco minutos navegando pelos menus você será capaz de ir e voltar entre eles de forma muito rápida. Eu realmente achei até mais intuitivo que o sistema de menus da GoPro. Toda esta simplicidade é ótima quando você está lá fora e não quer gastar 10 minutos para encontrar a configuração correta antes de sair correndo por uma trilha, a pé ou de moto, saltar para fora do avião ou de uma ponte com ela presa em seu capacete.

A Garmin VIRB captura vídeos em 1080p a 30fps (frames por segundo), como praticamente todas as câmeras e (quase todos) telefones fazem hoje em dia, oferecendo também as funções extras que as câmeras de ação tender a ter, incluindo captura com mais frames em resoluções mais baixas como 60fps em 730p, 120fps em 480p e um modo HD para capturar mais pixels verticais, bastante legal para usar em pedals, com a câmera montada numa Bike ou algo assim.

Também temos os modos de burst para fotos, em que a câmera captura várias fotos na sequencia e o modo de lapso de tempo, também comum nas câmeras de ação dos dias de hoje. E você pode até mesmo fazer uma foto enquanto você grava um filme, isso sempre vem a calhar, acredite.

A Garmin VIRB também tem uma porta micro HDMI esperando por você, que poderá sentar diante da TB e assistir seus filmes e fotos diretamente da câmera numa tela maior, o que é ótimo para você mostrar o que andou fazendo na sala de estar daquele hotel nas montanhas.

É importante citar, porém, que a Garmin VIRB não tem os 4K Ultra High Definition ou resoluções maiores como você pode encontrar na GoPro Hero 3+, nem tantas opções de taxas de quadros diferentes, mas suponho que tudo isso poderá ser adicionado se tivermos uma VIRB 2 ou VIRB+. Eu realmente acho que atualmente estes recursos não fazem tanta falta, é difícil aproveitar toda essa ultra definição de imagens e não me preocupo muito com isso. Talvez, quando a definição 4K estiver mais difundida em uma classe de consumidor mais simples poderá ser vital incluir estes recursos, não hoje. No momento a Garmin VIRB suporta uma lista bastante boa de recursos, especialmente se tratando de uma primeira geração.

As imagens que você captura em 1080p são bastante comparáveis em qualidade com as imagens da GoPro e uma busca rápida no YouTube vai revelar uma infinidade de vídeos de comparação entre elas e você poderá ver e avaliar por si mesmo.

Edição de Imagens

Numa rápida trabalhada com os vídeos consegui descobrir que as imagens capturadas possuem realmente bastante informação e com ajustes rápidos de edição conseguimos vídeos bem bonitos, bem contrastados, especialmente em imagens capturadas com boa luz solar, mas isso é uma constante para qualquer captura de imagem. Que ficam sempre especiais em torno do nascer e por do sol, ou hora mágica como dizem no mundo do cinema.

Garmin Virb
Foto feita durante uma captura de vídeo, precisão

Inicialmente a Garmim VIRB tinha apresentava algumas pequenas deficiências de balanço de exposição, mas isso foi resolvido já na primeira atualização de firmware, que além de corrigir o problema melhorou a qualidade da imagem. Isso não deverá mais ocorrer na sua Garmin VIRB, são pequenos problemas comuns nas primeiras versões de firmware (o software interno da câmera, numa linguagem simples), como a GoPro teve seus próprios problemas em suas primeiras versões.

Você também pode baixar um software de edição de imagens direto do site da Garmin para compilar seus clipes e fazer seus vídeos completos, inclusive com a sobreposição dos dados de GPS da Garmin VIRB Elite (que falarei mais adiante). É um aplicativo bem básico em suas funções, mas oferece tudo que você precisa para unir os clipes de vídeo, adicionar música e exportar para outros formatos, ou ainda enviá-lo direto para o YouTube e compartilhar com seus amigos em seu canal.

Garmin Virb
A Garmin Virb tem um desogn bastante agradável e ótima empunhadura

Sensores, ANT+ e Sobreposição de Dados

Se você quiser gastar um pouco mais para ter uma Garmin VIRB Elite, também terá acesso às funções de Wi-Fi na câmera e a conectividade com outros dispositivos Garmin ANT+.

Apesar de não ser necessário para todos os usuários, este recurso dá a capacidade de gravar dados de GPS e fitness durante as filmagens, e, posteriormente optar por sobrepô-los ao seu vídeo na pós-produção. Você terá várias opções gráficas para isso, como velocímetro, altímetro, GPS e mapas e dados de frequência cardíaca capturados através dos dispositivos Garmin ANT+ que você tiver.

Eu tenho alguns dispositivos, cheguei a brincar um pouco, achei a brincadeiras muito interessante mesmo com dados de uma corrida de subida de montanha e uma descida, ambas curtas. Não cheguei a ligar o meu sensor de batimento cardíaco por puro esquecimento, mas se tivesse feito os dados também poderiam ir para o vídeo.

A própria VIRB é um GPS bastante completo com vários sensores como altímetro e acelerômetro, então você já tem uma gama muito boa de informações como pode ver no vídeo abaixo. Então enquanto eu subia ela registrava minha velocidade, ritmo (pace), ganho de elevação e minha posição no mapa daquele clipe. Ligado ao sensor de FC eu também teria o coração. Não era o caso, mas um piloto de Kart poderia mostrar a força G à que seu corpo foi submetido nas curvas e um velejador, as informações pertinentes ao seu esporte.

Imagine um ciclista, um MTB, um Downhill descendo a milhão por uma trilha, gravando seu vídeo e depois colocando sua velocidade, potencia, os metros que está descendo aparecendo como se fosse um carro de F1. E a quantidade de opções gráficas e de dados é impressionante. Sensacional.

Pode ser desnecessário para muitos, mas o recurso está lá e é ótimo. Achei isso sensacional e só esse recurso, para mim já justifica a diferença de valores.

Você também pode usar alguns de seus dispositivos Garmin para controlar remotamente a Garmin VIRB, como o Fenix, Oregon e Edge. Esta é sem dúvida uma grande vantagem da Garmin VIRB, que lhe dá a capacidade de capturar uma gama grande de dados junto com as imagens da sua aventura em conjunto com outros dispositivos.

WiFi

Como disse, essas características não são necessárias para todos, mas é ótimo ter as opções e a conectividade WiFi com seu smartphone, que lhe permite visualizar e controlar a câmera remotamente através da app Garmin VIRB (disponível para Android e iOS). Infelizmente essas versões de firmware e aplicativo não permite a transferência ou o visualização das capturas no smartphone, isso me fez falta e creio que fará para muita gente. Pode ser ótimo você querer postar suas imagens no Instagram e facebook para deixar seus amigos com inveja das suas aventuras quase que instantaneamente sem precisar ir até um computador com internet. Uma pena mesmo, quem sabe em próximas edições.

Montagens e Acessórios

A Garmin também disponibiliza uma boa variedade de opções de montagem para a VIRB que lembra muito o set de opções da GoPro. Na caixa você encontra um adaptador que lhe permitirá montar a sua Garmin Virb em qualquer acessório de montagem da GoPro, o que me parece uma jogada bem inteligente, pois você pode mudar a sua câmera e economizar nas montagens que já tiver comprado.

Existem vários lugares em que você pode amarrar uma câmera em seu corpo e a Garmin tem acessórios para cabeça, ombros e peito, pulso, capacete, opções com ventosas e para montagem em barras. As montagens da Garmin VIRB são muito bem construídas e o sistema de base utilizado para segurar a câmera é bastante engenhoso, o que lhe permite colocar ou retirar a câmera da montagem com um simples apertar de botão. Enquanto a câmera está na sua base é bem firme, o que é importante para capturar imagens estáveis.

Garmin Virb
Imagens em modo Wide com grande ângulo em manhã nublada

Há também uma case de mergulho disponível que permitirá filmar em maiores profundidades, mas a própria VIRB já é à prova d’água (norma IPX7) em até 1 metro de profundidade por até 30 minutos.

Isso lhe permite levá-la à praia fora da caixa estanque e filmar embaixo da água mais rasa sem qualquer problema de destruir sua câmera. A case de mergulho aumenta essa capacidade para até 50 metros, tornando-se ideal para mergulho.

Se eu tivesse que apontar qualquer desvantagem para a VIRB, seria seu peso. Ao pegá-la você vai sentir seus quase 180 gramas sem as opções de montagem. Mas esse peso não chegou a me parecer um problema perceptível quando fiz os testes correndo com a VIRB nas mãos ou montada em uma haste. Mas talvez sentisse mais se passasse longos períodos com ela montada sobre a cabeça. Grande parte desse peso me parece ser a bateria, mas pelo menos um avanço na durabilidade da bateria foi conseguido. A VIRB promete uma duração de bateria mais longa que atual safra de câmeras e as filmagens non stop duram até 3 horas, podendo chegar a mais que isso se usá-la de forma intermitente. Fizemos testes de mais de 2 horas filmando de tudo em nossos treinos de corrida e ao voltar para casa a bateria ainda estava na metade, de forma que o peso extra realmente dá algo em troca na questão autonomia de bateria.

Uma outra desvantagem inicial poderia ser seu preço que está em torno de R$1300 para versão Standard e R$1700 na versão Elite que nós recebemos. Mas talvez essa desvantagem caia bastante se você pensar que está levando uma tela de LCD embutida, o que seria um opcional caro para as outras câmeras de ação, praticamente o dobro de duração da bateria e a maior de todas as vantagens, na minha opinião que é não precisar de uma caixa estanque para filmagens submersas ou na chuva. E se você já tem kits de montagens GoPro vai economizar bastante por não ter que comprá-los para a VIRB.

Principais características: 
– Vários modos de vídeo em HD: 1080p a 30 fps, 960p a 30/48 fps, 720p a 30/60 fps, 848×480 a 120 fps;
– Capacidade fotográfica de 16 megapixéis, LDC e ainda uma lente WideVü (Grande/Média/Estreita) para tornar as fotografias mais nítidas e claras;
– Filma a 16, 12 ou 8 megapíxeis com um só toque (através de um botão incorporado na câmara ou de um controlo remoto) ou escolha entre os modos Disparos contínuos (6/s) ou Lapso de tempo (0,5, 1, 2, 5, 10, 30, 60 segundos);
– Processador CMOS de 16 megapíxeis;
– Resistentes e à prova de água (IPX7). Para mergulhos em águas profundas e uma exposição contínua, a caixa de mergulho opcional aumenta a impermeabilidade até 50 metros;
– Ecrã Chroma a cores de alta-resolução de 1,4”;
– Bateria de ion-litio de 2000 mAh recarregável e removível, com autonomia para cerca de 3 horas em gravação a 1080p;
– Possibilidade de fixação e colocação em qualquer local, para utilizações em todos os ambientes, para todas as atividades possíveis;
– Conectividade sem fios ANT+ para controlo remoto através de dispositivos Garmin compatíveis;
– Software de edição de vídeo gratuito VIRB Edit;
– GPS de alta sensibilidade, acelerômetro e altímetro e conectividade Wi-Fi para controle remoto a través de smartphones ou computadores (somente no modelo Elite).

Dentro da Caixa: 
– Câmara digital de ação VIRB ou VIRB Elite
– Bateria de iões de lítio removível;
– Suporte;
– Ligação pequena;
– Ligação de ângulo direito;
– Superfície de montagem plana;
– Superfície de montagem curva;
– Fecho de Rosca;
– Manípulos (3);
– Cabo USB para ligação ao computador;
– Documentação e manuais.

About JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

7 comentários em “Garmin VIRB, sua próxima câmera

  • setembro 30, 2014 em 7:47 pm
    Permalink

    Fera, excelente teu texto, a haste ou monopod utilizado nas gopro e que você tb está utilizando na corrida específico da VIRB não vende, esse que você está usando qual é? abraços e boas corridas aí!

    Resposta
  • setembro 30, 2014 em 11:16 pm
    Permalink

    Olá Rodrigo, obrigado pela visita e pelo comentário.
    É verdade, não vende haste específica da Virb. Mas a Virb vem com um adaptador para qualquer hast ou monopod ue sirva para a GoPro e essa foi uma grande sacada na minha opinião. Depois de enjambrar uma haste com um pé de tripé, eu comprei uma haste bacana. Dessas pretas como manopla numa espécie de EVA, ficou show. Abração

    Resposta
  • novembro 24, 2014 em 8:57 pm
    Permalink

    Acabei de deixar de ter dúvidas, Garmin Virb Elite com ctz! Obrigado por compartilhar o review! Excelente!!!

    Resposta
  • Maio 21, 2015 em 1:06 pm
    Permalink

    Ola Vannucci, obrigado pela visita e pelo comentário no site. Sim, é bem legal. Esta action cam da Garmin se mostra superior à vários modelos concorrentes e eu gostei bastante dela. A sobreposição de dados de GPS dá muito mais informação aos filmes além das imagens. Um abração

    Resposta
  • Janeiro 4, 2016 em 10:53 pm
    Permalink

    Nem lembro como fiz a haste improvisada, Fernando, mas hoje uso uma padrão, dessas que se compra para as GoPro, mas com o adaptador que vem com a Garmin Virb 🙂

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *