Guia Completo Circuito Cicloturismo Vale Europeu, com rotas de GPS

Nesse Guia Completo Circuito Cicloturismo Vale Europeu, com rotas de GPS você vai pedalar com muito mais segurança e sem problemas.

Olá. Somos Jósa e Bibi, um casal de ciclistas que, quando não está pedalando de bike, vive no coração do Vale Europeu. Para a maioria dos aventureiros que fazem o Vale Europeu pedalando pelo circuito, as placas e setas de indicação pelo caminho já bastam, mas muitos já usam GPS para se guiar, ou pelo menos para tirar alguma dúvida eventual e sentirem-se mais seguros. Para isso disponibilizamos as Rotas GPS Circuito Cicloturismo Vale Europeu constantemente atualizadas, com as opções de percurso e separadas por trecho, que nem mesmo o site oficial oferece.

Guia Completo Circuito Cicloturismo Vale Europeu

Baixe as rotas para usar em seu aplicativo preferido, ou no seu GPS dedicado.

Como Criar Rotas para GPS
Guia Completo Circuito Cicloturismo Vale Europeu

2 Circuitos em 1

Nós sempre gostamos de pensar no Circuito como 2 experiências diferentes. A primeira, pedalando na Parte Baixa e a segunda na Parte Alta, voltando para parte baixa. A Parte Baixa compreende os 3 primeiros trechos e as 4 primeiras cidades. Timbó, Pomerode, Indaial e Rodeio.

Na Parte Baixa você terá mais contato com áreas urbanas, será mais fácil encontrar hospedagem, alimentação, socorro mecânico, sinal de celular e internet.

Na Parte Alta você passa por Dr Pedrinho, Rio dos Cedros, nas localidades de Alto Cedros e Palmeiras, depois desce para Benedito Novo e finaliza em Timbó.

Trecho 1 – Timbó a Pomerode

Baixe o GPX: 1 Timbo – Pomerode

No primeiro trecho você vai encarar a primeira subida desafiadora, logo depois do Rio Ada, a Serra Carolina. Mas não se assuste, ela acaba rápido e você logo desce pela Rota Enxaimel.

Timbo a Pomerode Vale Europeu

Apesar de todas elas terem seus encantos, eu vejo Pomerode como a cereja do bolo entre as cidades do Circuito. Acho uma pena que os ciclistas que fazem em 3 dias passem direto por Pomerode em conhecer sua encantadora região central. Suas confeitarias, chocolaterias, restaurantes, artesanato e claro, a cerveja local (chopp) nas cervejarias do centro.

Opcional do Trecho 1

É interessante saber que a apenas 3km da Serra Carolina você pode chegar ao Morro do Saco, uma das paisagens mais europeias de toda a região e ponto obrigatório para os ciclistas locais. Por não estar exatamente na rota, os ciclistas acabam não conhecendo esse local incrível, em especial os que fazem o circuito em 3 dias.

Trecho 2 – Pomerode a Indaial

Baixe o GPX: 2 Pomerode – Indaial

Nesse trecho você passa por mais 2 subidas desafiadoras, a subida do Wunderwald logo no início e a subida do Ribeirão Souto, já pelo meio do trecho. Todo o trajeto passa por áreas rurais incríveis incrustradas em uma topologia de tirar o fôlego.

Pomerode a Indaial Vale Europeu

A chegada em Indaial acontece margeando boa parte do Rio Itajaí Açu, faça ótimas fotos nesse ponto, porque o pedal já está quase acabando.

Opcional do Trecho 2

Logo depois do Ribeirão Souto você terá a opção de sair do circuito e pedalar 5km até o famoso Morro Azul, em um Parque Municipal com banheiros, mas sem opções de alimentação. Um passeio que acrescenta 10km no pedal do dia, mas que vale muito a pena, afinal, você veio fazer um circuito de Cicloturismo, não é mesmo?

Trecho 3 – Indaial a Rodeio

Tradicionalmente, o trecho 3 é o mais curto, menos desafiador (e menos atrativo) do circuito, isso se comprova pela quantidade de ciclistas que “passam direto” por Indaial, unindo os trechos 2 e 3. Mas isso está por acabar. É que existe a nova opção de trecho toda sinalizada dentro do padrão do circuito, que não está divulgada no site oficial. Mas vamos apresentá-la a você, vale muito a pena. Cuide bastante com a sua programação para esse dia por Rodeio é uma bela e pequena cidade, poucas opções de hospedagem e menos ainda de alimentação.

Na Rota Nova de Indaial a Rodeio

Baixe o GPX: 3 Indaial – Rodeio (rota nova)

Logo a poucos metros da saída, chegando na rotatória, ao invés de seguir a placa que manda você seguir pela direita, vá pela esquerda e siga nesse asfalto sentido Blumenau. Você segue por aproximadamente 5km de asfalto e entra na Rua Fritz Lorenz para subir uma perfectly splendid estrada de terra margeando o Ribeirão Encano por paisagens encantadoras. A Ponte Coberta sobre o rio é ponto para dezenas de fotos, mas as diversas pontes suspensas de arame pelo caminho merecem muitos registros, elas são seguras e usadas diariamente pelos locais, não precisa ter medo. 14km depois você deixa o Ribeirão Encano e sobre para a Polaquia, para depois descer e seguir até o Warnow “emendando” no trecho antigo para seguir até Rodeio. Aumenta de 26km para 49Km, mas vale muito a pena.

Na Rota Antiga

Baixe o GPX: 3 Indaial – Rodeio (rota antiga)

Você sai de Indaial até o bairro do Warnow por um asfalto interminável, para então entrar em uma estrada de terra quase sem atrativos. Passa rapidinho por Ascurra e Chega a Rodeio.

Indaial a Rodeio Vale Europeu trecho velho
Opcional do Trecho 3 (independente da rota)

A Ponte Pênsil do Warnow, querido amigo, não deixe de conhecê-la, é incrível. Você sai apenas 700m do seu percurso e vai conhecer essa “estrutura” incrível e ainda em funcionamento. São 200m de ponte pênsil por onde passam pedestres, ciclistas e veículos por sobre o Rio Itajaí Açu. Faça muitas fotos lá no meio sem nenhum medo ou receio.

Eventualmente você pode encontrar uma placa dizendo que a Ponte Pênsil está interditada, vá assim mesmo porque a interdição vale apenas para automóveis quando estão fazendo alguma manutenção de rotina. Pedestres e ciclistas podem.

Entrando na Parte Alta – Achtung!

Atenção, querido amigo, reservas de hospedagem antecipadas e cuidado redobrado com seu Frühstück (por aqui, um lanchinho) para ter com você nos trechos é o segredo do sucesso. São poucas opções de hospedagem e muito menos opções de alimentação pelos próximos dias. As hospedagens da Parte Alta geralmente oferecem pacotes com, pelo menos, jantar e café da manhã inclusos. Agarre-as com antecedência. Dependendo da época, pode ficar “na rua”. Também não terá sinal de celular pelos próximos 4 trechos, ok? Internet só no wi-fi das hospedagens.

Trecho 4 – Rodeio a Dr. Pedrinho

Baixe o GPX: 4 Rodeio – Dr Pedrinho

Ahh o Caminho dos Anjos… Ahhh a Subida do Ipiranga, como é localmente conhecido os 8Km (700+) da subida mais desafiadora de todo o circuito. Você definitivamente estará deixando a Parte Baixa e entrando na Parte Alta do Circuito. E esse trecho tem muitas atrações, mas você estará entrando na parte mais isolada do circuito.

Rodeio- a Dr Pedrinho Circuito Vale Europeu

Siga direto para o Caminho dos Anjos, fotos, vídeos, um descanso do primeiro trecho da subida… Preces… Tudo vale para te ajudar a terminá-la e chegar no Alto do Ipiranga. A vista para o vale que tem depois é incrível. Bate aquela vontade de se sentar e ficar lá olhando.

Opcional do Trecho 4

Não é garantido, você deve obrigatoriamente entrar em contato com a Pousada Campo do Zinco antes para saber se ele poderão te receber e permitirão a visitação na Cachoeira do Zinco que é sensacional. Você pode optar por fazer o trecho 3 e ao invés de dormir em Rodeio, subir o Ipiranga e dormir na Pousada Campo do Zinco, mas sempre (mesmo) com reserva antecipada.

Trecho 5 – Dr. Pedrinho a Alto Cedros

Novamente o Circuito nos brinda com 2 opções de trajeto. Acontece que o original e mais antigo é subir pelo caminho do Véu da Noiva. Quando esse trecho estava sendo asfaltado e pedalar por ele era muito complicado, se criou a opção pela Gruta Santo Antônio. Essa opção permanece válida e sinalizada. Os 2 percursos se encontram pouco menos de 4km do final, então eles chegam no mesmo lugar.

Achtung!

Alto Cedros (assim como Palmeiras) é uma pequena localidade rural pertencente do município de Rio dos Cedros, mas fica a 35km da zona urbana da cidade, com uma serra no caminho. A paisagem é deslumbrante, mas são poucas opções de hospedagem e praticamente nenhuma opção de alimentação e 2 ou 3 opções só funcionam de quinta a domingo em horários bem específicos.

Véu da Noiva

Baixe o GPX: 5 Dr Pedrinho – Alto Cedros via Véu da Noiva (original)

O asfalto da serra nos quilômetros iniciais do percurso, vindo pelo Véu da Noiva é novo, seguro e a paisagem é ótima. Pode representar um belo descanso depois de vários trechos cansativos de terra. Apesar de alguns km a mais, as subidas são mais generosas com o ciclista do que pelo caminho da Gruta Santo Antônio. Nós também achamos esse percurso mais bonito, especialmente depois que sai do asfalto e segue por terra pela região do Rio Palmito e Pedra Branca. As paisagens mais amplas e as travessias de pequenos córregos te darão uma experiência mais aprazível.

No Véu da Noiva, se houver uma placa de “interditado”, geralmente se aplica a automóveis, os ciclistas podem ir até o pé da cachoeira. Eu não perderia tempo com o mirante porque se vê a cachoeira de muito longe.

Dr Pedrinho a Alto Cedros (veu) - Circuito Vale Europeu

Gruta Santo Antônio

Baixe o GPX: 5 Dr Pedrinho – Alto Cedros via Gruta Santo Antônio (alternativo)

É mais curto e por isso mesmo, com subidas mais íngremes. Apesar de um caminho mais travado e com paisagens mais fechadas, a Gruta Santo Antônio em si é incrível. Compare as opções.

Dr Pedrinho a Alto Cedros (gruta) - Circuito Vale Europeu
Opcional do Trecho 5

Eu sei que não é uma escolha fácil, por isso nossa sugestão de opção para esse trecho é muito simples. Acorde cedo, saia leve sem suas bagagens em direção a Gruta Santo Antônio. Serão menos de 10Km até Gruta. Muitas fotos, preces, pensamentos e contemplação. Retorne leve até Dr Pedrinho, pegue suas coisas e faça o trecho pelo Véu da Noiva até Alto Cedros. Estaremos aqui no Refúgio Endorfine-se esperando você com um delicioso café da tarde.

Trecho 6 – Alto Cedros a Palmeiras

Sim, mais uma vez o Circuito te oferece 2 opções de percurso para esse dia. Nossa dica? Vá pela Pedra Preta. É um dia bastante isolado, mas você sai do Refúgio Endorfine-se depois de um super café da manhã, levando um belo Frühstück (por aqui, um lanchinho) na mochila. Você já está na parte alta, então a sensação de isolamento e a ausência de grandes subidas tornam a experiência do dia muito recompensadora.

Via Pedra Preta

Baixe o GPX: 6 Alto Cedros – Palmeiras via Pedra Preta (original)

O caminho pela Pedra Preta é a nossa sugestão. Você vai margear a represa do Pinhal por mais de 10km (assista e inscreva-se). Então são 10km planos rente a água. Visual incrível. Depois sobe um pouco, entra sentido Barra do Avencal e pedala por paisagens amplas de perder de vista.

Alto Cedros a Palmeiras Vale Europeu Pedra Preta

Com 24,5km você encontra a rota via Mergulhão, a partir daí é igual para as 2 opções. Então ambas passam a 800m da Cachoeira Formosa. A entrada para Formosa fica no 35Km, a sua esquerda. Tem uma porteira que pode estar fechada, mas é só abrir, entrar e fechá-la novamente. Você pedala apenas 1km fora do circuito por uma ótima estradinha até a cachoeira. Não deixe de conhecê-la, é esplendida.

Via Mergulhão

Baixe o GPX: 6 Alto Cedros – Palmeiras via Mergulhão

Alguns Km mais curto, o trecho via Mergulhão se encontra com o trecho via Pedra Preta no 16Km, mas é subida até lá, hein. Obviamente que tem sua beleza, mas se for para escolhermos uma das 2 opções não seria essa. Depois de 16km o percurso é o mesmo da Pedra Preta. Por aqui a Cachoeira Formosa fica no final do 27Km. Tudo o mais sobre ela continua valendo por aqui.

Alto Cedros a Palmeiras - Vale Europeu Mergulhao
Opcional do Trecho 6 (apenas para o caminho pela Pedra Preta)

Acrescente 16km ao percurso do dia e conhecerá a incrível Cachoeira da Gruta do Índio. O Caminho até lá também é muito interessante, pesquise fotos sobre ela. Lá você tem 3 experiências diferentes. Você chega no alto da cachoeira, na queda menor, linda, bem junto a queda principal que é muito alta. Depois desce por uma trilha bem suave até a base, e tem a experiência de vê-la de baixo, esplendida. Não para por aí, porque você consegue passar por trás da sua cortina d’água e se desejar, chegar até a gruta onde poderá ver as inscrições rupestres.

Trecho 7 – Palmeiras a Timbó

Baixe o GPX: 7 dia Palmeiras – Timbó

Chegamos no último dia, a festa do desafio superado está a poucos quilômetros. Mas não deixe a subida do Rio Cunha te desanimar, pois o último trecho é um dos mais bonitos do circuito.

Saindo da bela localidade de Palmeiras, que juntamente com a localidade de Alto Cedros pertence ao município de Rio dos Cedros, você vai passar por belas regiões como o Rio Bonito, Rio Milanês, as impressionantes margens do Rio dos Cedros, Rio Cunha e descerá de volta de Benedito Novo para Timbó. Você poderá estar com algum cansaço acumulado, mas é um dia repleto de descidas que farão seu dia render. Fique tranquilo, você vai descer muito mais do que subir.

Opcional do Trecho 7

O Morro São Bernardo é tão bonito quanto o Morro Azul, alguns dizem que mais bonito. É um pedal obrigatório da galera local. Será um acréscimo de 16km no seu dia, mas querido, vale a pena. Eu sei que sempre falo isso, mas esses 16km são tão bonitos quanto a vista lá de cima. São muitas propriedades rurais lindíssimas. Você já veio até aqui, não perde essa oportunidade. Do alto do São Bernardo você vê toda a grande Rio dos Cedros de um lado e Timbó do outro. Experiências, meus queridos.

Nos ajude a te ajudar

Entre em contato se tiver alguma dúvida que não abordamos aqui. Teremos prazer em ajudar a sua experiência no Vale Europeu ser o melhor possível.

Apps que podem te ajudar

Você pode ter as rotas instaladas em um aplicativo de GPS em seu smartphone, e isso pode ajudá-lo a se encontrar, ou voltar para rota caso deseje sair dela para conhecer outras belezas da região.

Mais opções de hospedagens e atrações

Nós aqui nos propomos explicar melhor o que te espera durante o seu pedal, oferecendo algumas informações extras e claro, as rotas em GPX pra você usar. Se desejar mais informações, não deixe de visitar e explorar o site do Circuito do Vale Europeu, tem muita coisa lá, afinal o Circuito não é só Ciclismo.

Outra dica é visitar os sites das Secretarias de Turismo das cidades, afinal, uma viagem como essa começa antes, na sua pesquisa e planejamento.

JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

2 thoughts on “Guia Completo Circuito Cicloturismo Vale Europeu, com rotas de GPS

  • maio 23, 2021 em 5:12 pm
    Permalink

    Esse circuito é muito bonito, legal e aventureiro. Ótimas informações disponibilizadas aqui, parabéns!
    Valeu Josá… abraço…

    Resposta
  • maio 24, 2021 em 1:55 pm
    Permalink

    Excelente meus amigos, muito bem mastigadinho.

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *