Porque eu Comprei o Garmin Oregon 700 e não um Ciclocomputador?

Comprei um GPS novo, e agora? O escolhido foi o Garmin Oregon 700. A escolhe recaiu para um modelo mais voltado à navegação extrema e off road do que para os modelos de GPS para ciclismo da linha Edge. Não é segredo que tive decepções pessoais com equipamento de running da Garmin, afinal tenho 1 Forerunner e 1 Fenix jogados num canto sem funcionar.

Já sobre a linha Garmin Edge de ciclismo, que nunca tive, ouço relatos de problemas de vedação e touch screen em alguns modelos como 800 e 820. Mas não posso opinar com propriedades porque nunca levei nenhum deles pra pancadaria.

Assista ao vídeo no Youtube… e assine nosso canal

De qualquer forma, eu traço uma linha divisória imaginaria entre as linhas “esportivas” e a linha “outdoor” da marca. Ou seja, a linha dedicada à navegação ou como alguns dizem, a linha de navegadores de mão.

Garmin Oregon 700

Os equipamentos de navegação originalmente são desenvolvidos para aguentar muito mais pancadaria do que os esportivos. Eles são feitos para entrar no mato, aguentar chuva e lama extremas, atravessar rios submersos dentro do seu bolso. Sem medo de exagerar, são feitos para irem à guerra e voltar dela vivos.

Por outro lado, nos últimos anos esses equipamentos evoluíram para atender também as mais diversas necessidades, inclusive dos praticantes de esportes e atividades outdoor leves como corrida e ciclismo. Trazendo consigo a robustez e autonomia de um equipamento de condições extremas.

Em outras palavras eles também se tornaram capazes de atender o ciclista (quase) da mesma forma que a linha Edge, conectando os mais diversos sensores de cadência, sensores de potência, freqüência cardíaca, além de oferecer as informações já tradicionais de tempo de pedal, velocidade, velocidade média, etc. Sem deixar de atender ao “aventureiro” que precisa se guiar com segurança em uma jornada longa longe das torres de telefonia celular.

Veja também  Livro A Revolução na Corrida com Método Pose | Para todos Corredores

Sensores Garmin Oregon

Falta funções como acesso aos segmentos do Strava ao vivo (falo sobre eles em outro post), mas se você quer esse tipo de distração então o seu produto realmente é outro, pois a sua finalidade é outra, veja qual tipo de GPS é ideal para você.

Se você ler o qual tipo de GPS é ideal para você vai entender que eu tendo muito mais para o terceiro tipo de ciclista (Cicloturista, Cicloviajante, Bikepacker) do que para o primeiro. Então a minha escolha foi pelo modelo Garmin Oregon 700.

Não comprei o Oregon 750 com câmera, porque para nós, fotografia é coisa séria e a câmera incorporada no 750 é bem simples. Ela é pensada para registro dos locais e não para utilização das imagens em mídias e outras formas que necessitam de mais qualidade. A câmera do 750 seria subutilizada no nosso caso.

Planejando Rotas para Cicloviagens

Estamos planejando uma série de cicloviagens pelo sul, e planejamos fazê-las sozinhos, eu e a Alemoa. Nessas situações eu sou o responsável pelas rotas. Procuro planejar os pontos de parada em função do tempo de pedal entre eles. Quando se pedala por dias é preciso planejar bem o descanso.

E pedalar por vias secundárias em estados como Santa Catarina e Rio Grande do Sul é diferente de pedalar nas estradas de São Paulo. Na primeira situação é muito fácil se perder em meio às estradinhas e pedalar horas à mais até conseguir voltar para sua rota. E deixar isso acontecer pode ser fatal para o sucesso da viagem. Tudo bem que em alguns casos se perder pode ser gratificante, mas precisa ser um risco calculado e fácil de corrigir.

Veja também  1º Passeio Ciclístico Festa do Colono - Realização Assiclo

Em breve eu vou adicionando mais informações aqui neste post e em outros mais específicos. Transformar estas informações em vídeos para o canal e gerar muita informação de qualidade em português sobre o assunto. Por isso Assine nosso canal no Youtube para receber as atualizações.


Este post está em constante construção e não vai parar de crescer, se tornando um repositório de informações e links para assuntos relacionados ao Garmin Oregon 700, BaseCamp, Wikiloc, Strava e tudo mais relacionado a criação de rotas.

About JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

2 comentários em “Porque eu Comprei o Garmin Oregon 700 e não um Ciclocomputador?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *