Como Escolher Tênis de Corrida, aprenda aqui

Nós gostamos de tênis de corrida, os running shoes enchem nossos olhos e nos enchem de orgulho, afinal, é uma das nossas principais ferramentas para praticarmos nosso esporte. Mas sabemos mesmo Como Escolher Tênis de Corrida?

(o Guia do Tênis original está disponível aqui)

veja Como Escolher Tênis… diretamente no Youtube e assine nosso canal

São tantas as opções encontradas no mercado e tantos as matérias falando sobre os tipos de tênis e de pisada e a relação entre elas que o corredor, principalmente o iniciante, se perde no meio delas e acaba, acaba sem saber como escolher tênis de corrida e aposta sempre nas mesmas opções de mercado, muitas vezes comprando o mais caro. Saiba que não precisa ser assim.

Talvez possa ser interessante ler O Jeito Certo de Correr antes de continuar lendo este texto.

Nos últimos anos muitos estudos mais sérios foram feitos por institutos de pesquisa sérios e principalmente observando praticas mais modernas de pesquisa. Estes estudos geraram várias evidências científicas de que tênis com muito amortecimento e muito suporte para pisadas pronadas não são as melhores opções.

Várias pesquisas de padrões de lesões levaram o American College of Sports Medicine a publicar um guia para ajudar a escolher seu tênis de corrida. Esse guia foi elaborado para ajudar a profissionais de saúde e corredores que buscam praticar a corrida de forma mais saudável.

Como escolher o tênis de corrida
Tênis de corrida Skechers

Como escolher tênis de corrida

(o Guia do Tênis original está disponível aqui)

Na hora de decidir como escolher tênis de corrida, saiba que ele deve ter as seguintes características:

  • Ser baixo, o que significa ter pouco salto ou mais tecnicamente falando, um drop menor ou mínimo drop. O Drop é a diferença de altura entre a marte da frente e a parte de trás do tênis (o que é drop do tênis?) Tênis com drop 0mm (zero), ou com drop igual ou menor que 6mm são melhores opções para permitir que o seu pé suporte o peso do seu corpo de forma mais natural durante o ciclo da corrida.
  • Ser desenhado para pisada neutra, ou ser neutro. A ideia é que o tênis não interfira no movimento do pé aumentando a sua estabilidade como fazem os tênis para pronador ou supinador. Os componentes extras interferem no movimento natural do pé durante o suporte das cargas ou do peso.
  • Ser leve. O tênis deve, preferencialmente pesar 285g ou menos para homens que calcem 41 e 230g para mulheres que calçam 39 .

Agora que você aprendeu Como Escolher Tênis de Corrida, aprensa comprar

  • Formato do pé ou altura do arco plantar não são bons indicadores para guiarem a escolha do tênis
  • Evite comprar tênis baseado no conselho de alguém que te observou caminhando na loja. Sua passada e movimento do pé são muito diferentes na corrida em comparação a caminhada.
  • Saiba que todo corredor prona o pé durante a corrida (ele se inclina para dentro). A pronação é um movimento normal do pé durante a caminhada e corrida. Pronação por si só não deve ser um fator para a escolha do tênis. O que dizem aos corredores no momento da compra é que, devido à pronação, um tênis com suporte para o arco é o melhor. Na verdade, o contrário é o verdadeiro. A pronação deve ocorrer e é um mecanismo natural de absorção de impacto.

Detalhes importantes na hora de comprar um tênis

  • Bloquear a pronação com materiais no tênis pode na verdade causar problemas nos pés e joelhos. Pronações excessivas podem existir, mas na maioria dos casos isso pode ser corrigido com fisioterapia e exercícios de fortalecimento do pé, perna e quadril, o que é preferível ao invés do uso de um tênis com suporte.
  • Compre tênis no final do dia, quando seus pés estão um pouco inchados, como acontece na corrida. Assim ele não ficará apertado ao final do treino.
  • O tênis deve ser largo na parte da frente, onde ficam os dedos. Você deve ser capaz de abrir seus dedos facilmente dentro dele. Tênis estreito não permite a mobilidade normal dos dedos ou aperta os ossos do pé. Tênis com espaço permite que seu pé distribua as forças adequadamente durante a corrida.
  • Deve existir um espaço de pelo menos 1,3 cm entre os dedos e a ponta do tênis (um espaço de um dedo entre a ponta do dedão e a frente do tênis).

O que evitar ao comprar seu tênis de corrida

  • Amortecedores altos e grossos. Muito amortecimento pode na verdade levar o corredor a adotar um padrão de movimento pior, aterrissando com maior impacto em comparação a uma aterrissagem com tênis de menor amortecimento.
  • Suporte extra para o arco do pé ou palmilhas ortopédicas. Esses itens são frequentemente desnecessários. Palmilhas ortopédicas devem ser consideradas assessórios temporários (menos do que 6-8 semanas), usados somente até o fortalecimento adequado do pé. Um fisioterapeuta pode ajudar com exercícios que fortalecerão a musculatura do pé e desta forma um suporte extra para o arco não é necessário.

Transição para o novo tipo de tênis de corrida

  • Deve existir um período de transição entre um tênis com muito amortecimento e um tênis com menor amortecimento. Deve-se começar o treinamento utilizando-se o novo tênis apenas por alguns minutos e ir progredindo lentamente ao longo dos dias, até que todo o treino seja feito com o novo tênis.
  • Exercícios para aumentar a força dos pés e quadril devem ser feitos antes e durante a transição para o novo tênis. Usando um tênis com mínimo drop os membros inferiores precisam se adaptar e pode ocorrer uma leve dor muscular nas primeiras semanas.
  • Se você está pensando em mudar de um tênis com alto drop para um tênis zero drop considere primeiramente uma transição com um tênis de drop médio por alguns meses.
fonte: Raquel Castanharo/Eu Atleta

About JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

JosaJr

Um sujeito que mede o seu próprio sucesso pelo que inspira outras pessoas a fazerem de bom pelas suas vidas. Um eterno sonhador, corredor, artesão, cozinheiro, fly fisherman, criador do Endorfine-se, portal multi esportivo para quem corre ou pedala na rua e na montanha. Um belo dia resolveu levar uma vida mais saudável e perdeu 28kg em 5 meses e agora quer dividir com todo o mundo o que aprendeu e ainda vai aprender \o/

17 comentários em “Como Escolher Tênis de Corrida, aprenda aqui

  • Pingback: Asics Gel Nimbus | Endorfine-se

  • Pingback: Planilha de Corrida para Iniciantes | Endorfine-se

  • Pingback: Mizuno Kazan, vento, floresta, fogo e montanha - Endorfine-se

  • Pingback: Skechers GORun 2 - Avaliação - Endorfine-se

  • agosto 28, 2014 em 5:35 pm
    Permalink

    Obrigado Pajoré, não deixe de curtir nossa fanpage para receber mais posts como esse na sua timeline 🙂

    Resposta
  • Pingback: Tênis Minimalistas não são para todos - Endorfine-se

  • outubro 17, 2014 em 3:26 pm
    Permalink

    Adorei o vídeo e o site. Está ajudando muito. Pretendo começar a correr e estou na dúvida entre dois tênis. Poderia me dar sua opinião? Um é TÊNIS NIKE ZOOM FLY R$229,00 e o outro é TÊNIS SAUCONY IGNITION 3 R$199,00. Qual o melhor? Obrigada.

    Resposta
  • Pingback: QUINTA FEIRA | Álvaro Timbó Runner

  • janeiro 19, 2016 em 3:24 pm
    Permalink

    Muito boa a matéria, gostaria de saber qual a marca do tênis que você mostrou durante o video, obrigado.

    Resposta
  • janeiro 19, 2016 em 4:05 pm
    Permalink

    Obrigado Bruno, fico feliz que tenha gostado. Usei como exemplos alguns modelos da linha de performance da Skechers, que são totalmente aderentes aos novos conceitos de que falei no vídeo.

    Resposta
  • fevereiro 25, 2016 em 7:06 pm
    Permalink

    Oi Jósa Junior, foi por acaso encontrar o "Endorfinese", pois estava procurando pelo Skechers para ler mais sobre os modelos.
    Na realidade o meu primeiro desta marca experimentei numa loja onde procurava um Asics Racer Gel DS (não tinha) e que fosse leve (como um que já tinha) e me mostraram este.
    Decidi experimentar e logo de cara senti conforto e leveza: Skechers Go Run 3 Nite Owl.
    Não tenho o que reclamar e uso em treinos e até em Meia Maratona já usei. Sem dor nenhuma no dia seguinte.
    Agora com a dificuldade de encontrar este Ride 3 comprei o Ride 2 (pela internet0. Servirá, mas vi que será uma mais uma pequena mudança.
    Resumindo: gostei do Skechers, pois me deixou mais à vontade na pisada, mas tenho muito o que aprender (sou professora formada em educação física) no assunto de mecânica do movimento na corida.

    Resposta
  • fevereiro 25, 2016 em 10:05 pm
    Permalink

    Olá Nancy, que legal. Ficamos felizes com a sua visita e com seu comentário. Os tênis de Performance da Skechers são ótimos, fazem parte de uma classe bem restrita de bons tênis que temos no mercado. Legal que gostou. Precisando de alguma coisa, nos avise. Bons treinos e boas provas pra ti 🙂

    Resposta
  • fevereiro 25, 2016 em 10:05 pm
    Permalink

    Olá Nancy, que legal. Ficamos felizes com a sua visita e com seu comentário. Os tênis de Performance da Skechers são ótimos, fazem parte de uma classe bem restrita de bons tênis que temos no mercado. Legal que gostou. Precisando de alguma coisa, nos avise. Bons treinos e boas provas pra ti 🙂

    Resposta
  • junho 8, 2016 em 7:00 pm
    Permalink

    Parabéns pela matéria, bem legal. Estou voltando às corridas depois de 11 anos (tenho 33) e 30 kgs a mais. Como estou bem acima do peso, me pergunto se um tênis "tradicional", com mais amortecimento, não seria o ideal para minimizar o impacto nas minhas articulações. Uma vez perdido o sobrepeso, migraria para esse novo conceito. Faz sentido? Obrigado!

    Resposta
  • julho 1, 2016 em 4:43 pm
    Permalink

    Olá Sérgio,
    Obrigado pela visita e pelo comentário. E desculpe pela demora em responder, somente agora tomei conhecimento dele.
    Sim, acredito que é exatamente essa a ideia. Retomar as corridas usando um calçado com um poucomais de proteção até que o corpo se ajuste mais, pelo, articulações e musculatura em plenas condições de manter a boa postura do gesto da corrida por mais tempo. Daí então partir para uma adaptação aos tênis mais leves e menos intrusivos.
    Um grande abraço e bons treinos 😉

    Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *